BLOG DA PLANTIÊ

Especialista em plantas para dentro de casa.

7 plantas fáceis de cuidar: características e dicas para cultivo

Estudos demonstraram que as plantas podem reduzir os níveis de estresse, elevar o humor e melhorar a concentração e a produtividade. Porém, nem sempre elas crescem como queremos. Mas, você não precisa se desanimar, porque há diversos tipos de plantas fáceis de cuidar, que não dão muito trabalho e nem mesmo precisam de tanto sol ou regas. 

Você chega em casa e a suas plantas estão murchas, amareladas, ou morreram de vez e você não sabe o que fazer? Então, vamos dar a você algumas sugestões de tipos de plantas que não precisam de tantos cuidados, mas que ainda sim ficam lindas em qualquer lugar.

Existem diversos tipos de plantas fáceis de cuidar e que não precisam de manutenção diária ou uma configuração complicada para florescer. Você não precisa de muito tempo, espaço ou mesmo luz para cultivar seu próprio jardim interno. Na verdade, algumas plantas preferem um nível baixo de luz e rega esporádica.

Se você mora em um apartamento ou casa com pouca luz natural ou apenas quer algo com que não necessite de tantos cuidados, você está no lugar certo. Neste artigo você vai conhecer os principais tipos de plantas fáceis de cuidar, além de dicas sobre como fazer seu espaço verde funcionar.

1. Ninho de pássaro samambaia

planta ninho de passarinho

Conhecida por suas folhas onduladas que crescem a partir de uma roseta central, essa samambaia se desenvolve em luz indireta de médio a brilhante. Além disso, somente requer solo que é quase, mas não completamente, seco. Esta planta só precisa ser regada a cada uma ou duas semanas e é considerada não tóxica, tornando-a segura para manter perto de seus animais de estimação.

2. Palmeira Majestosa

A Palmeira Majestosa é uma palmeira tropical com folhas graciosas e também é fácil de cuidar. Suas folhas tendem a crescer a partir do tronco de forma ereta antes de se arquear nas pontas para formar uma grande coroa. 

Ela não é tóxica  e pode crescer até 3 metros de altura. Além disso, prospera em luz indireta brilhante para direta 

Quanto a sua irrigação, a cada uma ou duas semanas quando o solo está quase seco, mas não completamente.

LEIA MAIS | Como cuidar de plantas sem ter muito trabalho

3. Camedorea-elegante

Essa é uma planta tropical fácil de cuidar conhecida por ser resistente em condições internas. Ela pode tolerar uma ampla gama de condições de luz. Porém, é mais feliz com luz indireta brilhante com irrigação a cada uma ou duas semanas. 

Lembre-se: algumas plantas toleram algumas mudanças e ambientes adversos, mas isso não significa que elas suportam essas condições por muito tempo. 

Além disso, também não é tóxica, sendo indicada para locais com animais de estimação. 

4. Filodendro

planta filodentro

A Filodendro tem folhas em forma de coração e trepadeiras de crescimento rápido — muito parecida com a jiboia. Suas vinhas longas e viçosas podem ser facilmente podadas e propagadas na água quando ficam muito compridas. 

Com preferência à luz indireta média a brilhante (embora possa tolerar pouca luz), a filodendro pode ser regada a cada uma ou duas semanas.

5. Jiboia

planta jiboia

A Jiboia é uma planta famosa por sua facilidade de cultivo e beleza. Ela possui vinhas de crescimento rápido, que podem atingir mais de 3 metros de comprimento. Essas plantas, que podem prosperar em quase qualquer tipo de espaço interno, preferem luz indireta média a brilhante, mas também podem tolerar pouca luz.

Por isso, é muito comum que ela seja usada como parte da decoração em apartamentos e escritórios de pouca luminosidade. 

Você pode regar a Jiboia a cada uma ou duas semanas e, se as vinhas ficam muito compridas, apenas dê uma poda rápida.

6. Espada de São Jorge

A Espada de São Jorge é uma que tolera luz média a forte. Pode ajudar a purificar o ar interno filtrando toxinas como formaldeído, xileno e tolueno. 

Então, se você viaja com frequência, essa espécie pode ser uma boa opção, já que pode ficar sem água por duas a três semanas ou até que as folhas comecem a enrugar.

7. Zamioculcas

Essa é uma suculenta tolerante à seca que é nativa de ambientes áridos. A Zamioculcas tem grandes rizomas, semelhantes aos da batata, que armazenam água para ajudar a planta a sobreviver à seca em seu habitat natural. 

Você pode deixá-la em um local com luz indireta média e regá-la a cada três semanas, quando o solo do envasamento estiver completamente seco.

Plantas fáceis de cuidar: como comprar a certa

pantas que são fáceis de cuidar

Antes de decidir quais plantas comprar, avalie seu espaço. Ao planejar onde você pretende colocar a sua nova espécie, veja como é o nível de luminosidade e umidade. Feito isso, avalie quais são as plantas que melhor se adaptam às condições que o seu ambiente dispõe. 

Se você não tem certeza de quanta luz seu espaço tem, decida em qual cômodo você vai colocar a planta e descubra a direção de suas janelas, quanta luz artificial existe e se há algo externo que possa bloquear a luz do sol.

Também é importante determinar se o sol atingirá as plantas diretamente ou indiretamente. Como animais de estimação, as plantas precisam de cuidados, mesmo as de baixa manutenção. 

Além disso, a maioria pode ficar uma ou duas semanas sem água, mas se você viajar por longos períodos, você pode querer considerar uma planta que prospera em condições secas.

Dicas de cultivo em plantas fáceis de cuidar 

Ser mãe ou pai de uma planta é mais fácil do que parece. Então, o mais importante é ser paciente enquanto cuida de suas plantas. Ao tentar começar a cultivar plantas dentro de casa, comece devagar e com as plantas fáceis de cuidar e que são mais comuns.

Lembre-se de que levará algumas semanas para uma nova planta de casa se ajustar às condições ambientais da sua casa, então dê um tempo e não se preocupe se uma folha ou duas cair. Depois de levar sua planta para casa, você precisará cuidar bem dela.

Consistência é a chave

Escolha um dia da semana para verificar sempre as suas plantas, elas gostam de consistência e, dessa forma, você evitará a rega excessiva, que é o fim da maioria das plantas de interior.

Mantenha o ambiente estável

Mudanças extremas de frio ou calor nas temperaturas podem estressá-las. Faça o possível para evitar colocar plantas perto de perigos de temperatura, como aberturas, radiadores e portas externas ou janelas abertas, que podem criar correntes de ar quente ou frio.

Evite o excesso de cuidados

Menos é mais quando se trata de cuidar da maioria das plantas. As plantas são mais adaptáveis ​​do que pensamos. 

Durante os longos meses de inverno, quando a maioria das plantas tropicais do interior está dormente, esteja preparado para que percam algumas folhas — isso é normal! 

Um processo natural de queda sazonal ocorre quando as plantas não recebem luz solar suficiente para sustentar suas folhas atuais.

Rega adequada

A rega excessiva é uma das maneiras mais fáceis de matar uma planta. Você pode ficar tentado a regar as plantas em uma programação rígida, mas a melhor aposta é regar apenas quando necessário. 

Os vasos autoirrigáveis da Plantiê, por exemplo, podem simplificar ainda mais essa etapa. Eles molham a terra da sua planta de acordo com as necessidades dela. Para isso, você só precisa colocar água no reservatório do vaso a cada 25 dias, em média — ou quando perceber que a terra já está seca.

LEIA MAIS | Vaso autoirrigável: entenda como funciona e porquê a sua planta precisa deles 

Sempre verifique o solo antes de regar

Se ainda estiver úmido, espere para regar. Lembre-se de que as mudanças sazonais ao ar livre podem prejudicar o cronograma de rega de sua planta dentro de casa. 

Por exemplo, a maioria das plantas domésticas precisa de menos água no inverno, quando estão semi-dormentes. Mas se você usar o aquecedor durante todo o inverno e o ar estiver seco, o solo pode secar mais rápido e elas podem precisar de água com mais frequência.

Vasos autoirrigáveis para cuidar das plantas 

vaso autoirrigavel

Agora que você já conhece alguns tipos de plantas fáceis de cuidar e o que deve fazer para cultivá-las, está na hora de adquirir os equipamentos certos para que elas tenham um desenvolvimento saudável. 

Os vasos autoirrigáveis da Plantiê são ideais, já que são 100% recicláveis e contam com um sistema especial em que um reservatório acoplado possibilita a disponibilidade de água no recipiente. Dessa forma, a planta recebe esse líquido através de cordões, que atuam como uma espécie de raiz vertical. 

Não é sensacional? Acreditamos que toda forma de vida deve ser respeitada e devemos viver em harmonia com a natureza. Isso justifica nossa criação sustentável.   

Então navegue pelo nosso site e conheça nossos produtos. A Plantiê é uma empresa que tem como base o consumo consciente e o uso de fontes renováveis para a criação de seus produtos.

 

Compartilhe nas redes sociais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Artigos relacionados

Quer receber mais dicas de como cuidar de suas plantas?

Preencha com seu e-mail ao lado e vamos te enviar todas as novidades