BLOG DA PLANTIÊ

Especialista em plantas para dentro de casa.

Planta carnívora: tipos para você conhecer e se encantar

planta carnívora

Plantas levam vida para os ambientes residenciais. Independentemente da espécie, o tom esverdeado alegra o cômodo. Neste conceito urban jungle, tipos de planta carnívora se destacam. Ou seja,  elas ficam bonitas em qualquer cantinho da sua casa. São, enfim, um toque especial para a sua decoração.

No Brasil, 6 tipos de planta carnívora se destacam. São eles: Dioneia, Drosera, Sarracenia, Nepenthes e Utricularia. Mas apesar do nome “assustador”, fique tranquilo. Essas plantinhas não farão mal a você, nem ao seu pet.

Para ensinar mais sobre o assunto, a equipe da Plantiê preparou o post “Planta carnívora: tipos para você conhecer”. Abaixo, confira as características de cada uma dessas plantas. Assim, você escolherá qual cultivar com mais facilidade.

Dioneia: um dos tipos mais comuns de planta carnívora

Pet friendly, a Dioneia é um dos tipos mais comuns de planta carnívora comercializada no mercado. É, basicamente, uma planta carnívora pequena, que pode ficar em estantes ou prateleiras. Além disso, se adapta muito bem a ambientes fechados.

Essa planta costuma ter entre 5 e 15 centímetros. Você pode cultivá-la diretamente no vaso ou, ainda, em um cachepot. Seu principal charme é que suas folhas ficam quase sempre abertas. Elas fecham somente no momento em que a planta captura uma presa.

A base da alimentação da Dioneia é formada por insetos. Principalmente, moscas. Quando uma delas pousa na planta, as folhas se fecham e, então, ocorre o processo digestivo da espécie. Ainda, trata-se de uma planta que não exige muitas regas ou exposição solar prolongada.

planta carnívora tipos (capa)

Drosera: mais um tipo de planta carnívora pet friendly

Assim como a Dioneia, a planta carnívora Drosera não faz mal aos animais de estimação. Nativa do Brasil, apresenta folhas em forma de rosetas. São belas e admiráveis e, por isso, dão um up na decoração da sua casa.

As folhas da Drosera são avermelhadas e recobertas por uma substância pegajosa. Graças a essa característica, a planta consegue ingerir suas presas, impedindo que as mesmas fujam. Também se alimenta, basicamente, de insetos.

Uma Drosera se adapta facilmente ao ambiente no qual está inserida. Por isso, você pode deixá-la na varanda de casa ou, ainda, nos cômodos internos. Ela não exige regas constantes e cresce bem em solo mais arenoso.

Sarracenia: beleza exuberante

Outro tipo comum de planta carnívora é a Sarracenia. É maior que as outras plantas carnívoras já citadas e possui uma beleza ímpar. Caracteriza-se por sua aparência de jarro, protegido por uma espécie de “tampa” que protege seu sistema digestivo.

A Sarracenia se adapta, com facilidade, a climas extremos. Então, no Sul ou no Norte do Brasil, ela pode ser cultivada sem medo. Normalmente, durante o inverno, a planta não possui características carnívoras. Quando passa essa estação, ela dá flores e, depois, volta ao “apetite” natural.

O ideal é que, para o cultivo sadio, você deixe o vaso sempre irrigado. Uma opção, caso você não tenha muito tempo para cuidar da planta, é deixar o recipiente em cima de um prato com água. Dessa forma, a Sarracenia crescerá com muito mais saúde.

Planta carnívora: conheça o tipo Nepenthes

Planta carnívora trepadeira, a Nepenthes tem uma aparência curiosa. É, basicamente, similar a um jarro e, simultaneamente, a um tubo. Dificilmente você verá essa planta carnívora florescer, mas seu estilo, por si só, já é suficiente para atrair diversos olhares.

As regas devem ser regulares, mantendo o substrato no qual a planta está inserida sempre úmido, mas não afogado. Preferencialmente, para regar uma Nepenthes, utilize água da chuva ou, ainda, água destilada.

Uma boa ideia de cultivo é deixá-la em seu jardim, mas em um espaço sombreado. Apesar de gostar da luz do Sol, a Nepenthes não costuma sobreviver à exposição direta e constante aos raios solares. Interessante, não é mesmo?

planta carnívora tipos

Utricularia

Espécie interessante, a Utricularia é um tipo de planta carnívora que facilmente se adapta ao ambiente. Exemplares comprovam que a planta cresce em condições terrestres e, também, em condições subaquáticas.

A beleza da utricularia está em suas diversas flores, quase sempre minúsculas, produzidas sobre altas hastes florais. É impossível ver uma e não se apaixonar. Isso porque, acredite, é uma planta de aparência ímpar, que deixa o ambiente muito mais charmoso.

Também se alimenta de insetos e hiberna durante o inverno para sobreviver às temperaturas mais geladas, além de usar a sucção para conseguir nutrientes. Nas demais estações do ano, a Utricularia age como as demais plantas carnívoras.

Cuidados comuns para tipos de planta carnívora

Como você pôde perceber no decorrer deste post, cada uma das plantas carnívoras mencionadas possui características e cuidados específicos. Entretanto, entre todas elas, existem cuidados comuns que você deve ter ao cultivá-las em sua casa. Confira-os:

  • Não deixe a planta afogar: a água é essencial para todos os seres vivos. Isso vale, também, para as plantas carnívoras. Entretanto, excessos fazem mal! Por isso, pesquise bem sobre a planta que você comprará e a quantidade de água que ela demanda;
  • Recrie o habitat natural da planta: para que a planta carnívora cresça bem, é ideal que você recrie seu habitat natural. Assim, é interessante nutrir a terra com substratos demandados pela espécie. Essa dica é super importante!;
  • Não exponha as espécies direta e constantemente à luz solar: como você pôde perceber, as plantas carnívoras adoram a luz do dia. Entretanto, você não deve expor as espécies de forma direta e constante aos raios solares. Isso pode prejudicar a planta;
  • Mantenha a planta em um recipiente adequado: é muito importante que você faça o plantio da planta carnívora em um recipiente adequado, como é o caso de vasos e cachepots.

Aprendeu sobre os tipos de plantas carnívoras? Conheça as soluções da Plantiê para cuidar delas!

A Plantiê é uma empresa referência em sustentabilidade. Nossos acessórios são 100% reciclados e 100% recicláveis. Por isso, quando o assunto é planta, somos autoridade para apresentar recursos e, ainda, mencionar características.

Além disso, se estiver precisando de recipientes, substratos ou outros acessórios, visite nossa loja virtual. Lá você encontra os melhores e mais modernos modelos de vaso autoirrigável que irá dar autonomia à qualquer planta.

Nossos produtos são 100% reciclados e 100% recicláveis, e recebem o selo eco friendly.

Para outros conteúdos, continue lendo os artigos do Blog da Plantiê.

Compartilhe nas redes sociais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Artigos relacionados

Quer receber mais dicas de como cuidar de suas plantas?

Preencha com seu e-mail ao lado e vamos te enviar todas as novidades