BLOG DA PLANTIÊ

Especialista em plantas para dentro de casa.

Planta Zamioculca: como cuidar e o que saber sobre a planta

planta zamioculca como cuidar (capa)

Se você é um admirador de plantas e gosta de pesquisar sobre elas, certamente já se deparou com o termo “planta zamioculca”. Entretanto, caso você ainda não conheça essa espécie, mas ficou curioso sobre ela, esse artigo certamente irá te guiar!

A planta zamioculca é originária do continente africano, especificamente da Tanzânia, e é muito utilizada por quem pratica Feng Shui, uma vez que, por trás da espécie, existe um tipo de “lenda” que afirma que ela é capaz de filtrar as energias negativas da casa.

Essa espécie não demanda uma manutenção muito complexa e pode ser plantada, por exemplo, em um cachepot para plantas, garantindo um visual incrível para os ambientes internos da sua casa e para o desenvolvimento saudável da planta.

Para saber um pouco mais como cuidar de uma planta zamioculca, bem como sobre as características dessa espécie, siga a leitura e tire todas as suas dúvidas agora mesmo. Boa leitura!

Principais curiosidades sobre a Planta Zamioculca

Como dito anteriormente, a planta zamioculca tem um lado totalmente místico, uma vez que é conhecida, principalmente por praticantes do Feng Shui, por funcionar como uma espécie de filtro contra energias ruins, inveja e mau-olhado. 

Caso você não esteja muito familiarizado com o Feng Shui, aqui vai uma explicação rápida: é uma prática chinesa baseada no equilíbrio das vibrações. Isso significa que cada cantinho da residência e cada morador devem estar vibrando na mesma frequência. 

Além disso, a planta zamioculca também é conhecida como a planta da fortuna. Muitas pessoas acreditam que, com os cuidados corretos, a espécie é capaz de atrair prosperidade, principalmente no que diz respeito ao âmbito financeiro.

Outra curiosidade da planta zamioculca é que ela é capaz de sobreviver às situações mais adversas possíveis. Graças à resistência natural, é uma planta que, caso você precise se ausentar de casa por algumas semanas, conseguirá sobreviver sem muita água.

planta zamioculca como cuidar (2)

Essa espécie é, portanto, uma boa opção para quem não tem muito tempo para fazer a manutenção, mesmo quando não plantada diretamente no solo e, sim, por exemplo, em um kit de vasos.

Ah! Vale a pena dizer, também, que a planta zamioculca não deve ser opção para pessoas que possuem companheiros de 4 patas. A espécie é extremamente tóxica para cães e gatos. Então, caso você tenha um pet em casa, opte por uma planta que seja pet friendly!

O que caracteriza a Planta Zamioculca?

Agora que você já sabe sobre as curiosidades da espécie, é hora de falar de suas características principais. Dessa forma, fica mais fácil saber como cuidar da planta zamioculca. Vamos lá?

Em primeiro lugar, a característica mais marcante da planta zamioculca é a sua beleza natural. Ela possui folhagens ornamentais que fazem com que ela seja facilmente reconhecida. É uma planta que agrega muito valor ao design dos ambientes residenciais.

Outra característica dessa espécie é que a zamioculca é muito resistente. Por isso, outra particularidade da planta é que ela é capaz de sobreviver até mesmo em ambientes mais escuros, com pouca luminosidade

Planta Zamioculca: como cuidar e cultivar em casa

Se você está pensando em começar a cultivar essa espécie em casa, é importante saber como cuidar da planta zamioculca, já que ela não demanda tanta manutenção e, se você tratá-la como trata os demais tipos de plantas, estará mais prejudicando do que ajudando.

Pensando em te auxiliar no entendimento sobre como cuidar e cultivar a planta zamioculca em casa, criamos uma espécie de guia, ressaltando os principais cuidados que a espécie demanda. 

Seguindo o guia preparado por nossa equipe de especialistas à risca, você dificilmente terá problemas com o crescimento da planta. Confira abaixo!

Temperatura: como cuidar da Planta Zamioculca

A planta zamioculca é adaptável a todas as estações do ano. Por isso, ela sobrevive tanto ao verão quanto ao inverno, desde que você tome as precauções necessárias para que ela cresça de forma saudável.

Durante os dias quentes, é interessante mantê-la em ambientes com média iluminação como, por exemplo, na quina da varanda da sua residência. Nos dias frios, a espécie deve ficar em temperatura ambiente. Talvez valha a pena deixá-la na cozinha.

De forma geral, é uma planta que resiste bem às temperaturas acima de 15ºC, desde que tenha meia-sombra, e que deve receber cuidados especiais caso a temperatura esteja abaixo dos 15ºC.

Preparando o solo

A planta zamioculca é capaz de crescer em qualquer tipo de terra. O seu plantio pode ser feito diretamente no solo cheio de substratos naturais e pode, ainda, ser feito em um suporte para plantas, com a adubação correta.

Para plantá-la, garanta, também, que o local possui excelente drenagem, uma vez que a terra encharcada prejudica o crescimento da planta, podendo, inclusive, ser a causa da sua morte.

planta zamioculca

Substratos e adubos ideais para a Planta Zamioculca

Depois de preparar o solo para plantio, utilize algum tipo de fertilizante para plantas verdes a ser utilizado na terra, facilmente encontrado em lojas especializadas na comercialização de plantas. 

Para cuidar da planta zamioculca, podem ser utilizados substratos e adubos como:

  • Fertilizante à base de nitrogênio, fósforo e potássio (adubo NPK 10-10-10);
  • Pedaços de carvão;
  • Cascas de pinus.

Viu como é fácil nutrir a terra para que a espécie cresça de forma saudável?

Quando podar?

A zamioculca é uma planta que demora a crescer. Por conta dessa característica, ela não exige podas. 

O que você deve fazer, quando perceber que a planta está com folhas amareladas, é retirar somente essas folhas. 

Dessa forma, a planta terá maior probabilidade de se desenvolver bem.

Como cuidar e propagar a Planta Zamioculca?

Já falamos, neste artigo, que a planta zamioculca não exige tanta manutenção. Mesmo assim, existem algumas formas de cuidar da planta, garantindo um crescimento saudável.

Para cuidar da planta, além de retirar as folhas amareladas, você deve mudá-la de vaso assim que perceber que a zamioculca está se deformando. 

Se a planta estiver bem cuidada e você desejar propagá-la, poderá escolher a melhor forma de fazer isso.

Existem duas formas de propagar essa espécie: por corte de folhas e por divisão

O corte de folhas, como o próprio nome já diz, consiste em uma técnica simples de realocar a folha cortada. Na propagação por divisão, basta separar o caule e plantá-lo em algum outro recipiente.

Doenças e pragas

No decorrer desse artigo, você deve ter percebido que a zamioculca é uma planta bastante resistente. Entretanto, assim como todas as plantas, ela pode ser um alvo para insetos, doenças e pragas.

Percevejos, pulgões e até mesmo aranha vermelha, que costuma assustar quem se depara com ela, podem deixar a planta doente.

Se notar que algo está fazendo mal para a sua planta, o ideal é procurar uma loja especializada e utilizar substâncias que eliminem essa praga sem agredir a zamioculca.

Como fazer e cuidar das mudas da Planta Zamioculca

O processo para fazer e cuidar das mudas de zamioculca é relativamente simples e similar ao de outras plantas.

Para começar, você deverá cortar um galho da planta e colocá-la em um recipiente com água fresca. A partir disso, começa o processo de trocar a água todos os dias. O recipiente, neste momento, deve estar longe da luz solar, em um local com bastante sombra.

Com o passar dos dias, você perceberá que as raízes começarão a aparecer. Quando vê-las no recipiente, mantenha-as no local e somente plante-as após quinze dias, quando elas terão um tamanho adequado para se desenvolverem de um jeito saudável.

Fácil, não é mesmo?

A Plantiê tem o vaso ideal para você manter a Planta Zamioculca sempre úmida

Depois de uma “revisão” dos cuidados necessários demandados pela planta zamioculca, você deve estar se perguntando: ok, eu entendi tudo, mas onde devo plantá-la para que ela realmente se desenvolva bem?

A resposta é simples: a planta zamioculca não pode ficar encharcada, mas demanda certo grau de irrigação. Para que você não tenha que se preocupar com a rega, poderá adquirir vasos autoirrigáveis, que possuem um sistema para fazer a terra ficar úmida. 

E se você gostou do assunto deste artigo, confira outros no Blog da Plantiê e se informe ainda mais com a gente!

https://www.plantie.com.br/kit-de-vasos

 

Compartilhe nas redes sociais

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email

Artigos relacionados

Quer receber mais dicas de como cuidar de suas plantas?

Preencha com seu e-mail ao lado e vamos te enviar todas as novidades